Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Legislativo de Alagoas (STPLAL), Zilneide Lages, e o advogado Francisco Rossiter, foram recebidos pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), desembargador Tutmés Airan, nesta quarta-feira (13/02), para tratar da implementação da decisão que reconhece o direito dos servidores associados ao recebimento da diferença salarial de 11,98%, decorrente da conversão do cruzeiro real em Unidade Real de Valor (URV).

 

A ação foi movida pelo STPLAL e julgada procedente em junho de 2017. Ainda não existe data específica para implantação do percentual. Segundo o advogado responsável pelo processo, assim que a decisão judicial for decretada, o pagamento deverá ser executado pelo Poder Legislativo. "No que se refere aos valores retroativos, será necessário executar o julgado, e o pagamento será através de precatório judicial, salvo celebração de algum acordo com os dirigentes da Mesa Diretora da Casa", explicou.

 

Após a audiência com o desembargador Tutmés Airan, a presidente do Sindicato do Legislativo afirmou que sua bandeira de luta é pela defesa permanente dos interesses da categoria. "Estamos pedindo que o tribunal dê celeridade à decisão, para que os servidores ativos e inativos do Legislativo sejam beneficiados com a diferença referente à conversão irregular dos salários", enfatizou Zilneide Lages.