Foto: Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Oito membros de facção foram presos suspeitos de matarem a jovem Joyce da Silva Alves, de 22 anos. Segundo o delegado Fábio Costa, a jovem foi torturada, estuprada, além de ter os cabelos cortados por faca.

Ainda segundo o delegado, Joyce foi assassinada em uma área rural próximo ao conjunto Village Campestre II, na parte alta da capital.

Mais detalhes sobre o caso serão divulgados ainda na manhã de hoje. A possível motivação do crime ainda não foi divulgada.

Joyce estava desaparecida desde a madrugada do último domingo (10), quando saiu de uma festa no Conjunto Graciliano Ramos.

Agentes da Divisão de Investigações e Capturas (Deic), que investigam o caso, solicitaram a presença de uma equipe do Corpo de Bombeiros para que o corpo fosse retirado do local, pois estava em um local de difícil acesso.

*Estagiário com supervisão da editoria.