Foto: Reprodução / Redes Sociais, Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Vítima foi morta com quatro tiros na cabeça.

Uma travesti alagoana, da cidade de Murici, foi assassinada a tiros dentro da residência em que morava, no bairro Valverde, Baixada Fluminese, em Niterói, estado do Rio de Janeiro. O corpo da vítima, identificada apenas como "Miúda", foi encontrado sem roupa e com marcas de tiros na cabeça nesta segunda-feira (11).

A Polícia Militar local informou que não há informações sobre a motivação ou autoria  do crime. A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF)  deverá investigar o caso.

O corpo de "Miúda" foi encontrado nú e com marcas de quatro tiros, todos na região da cabeça. Segundo populares, a vítima era natural da cidade de Murici, na Zona da Mata alagoana. Ela tinha um salão de beleza em sua residência em Nova Iguaçu.

Nas redes sociais, internautas e amigos lamentam a morte de Miúda, que, segundos relatos, era uma pessoa boa e não tinha envolvimento com ilícitos.