C72755a9 4498 4de1 8726 3f948d131c03

"Vice" (2018) é o novo filme do diretor Adam McKay ("A Grande Aposta"), que conta a ascensão política de Dick Cheney (Christian Bale) até o posto de vice-presidente dos Estados Unidos.

Assim como seu filme anterior, "A Grande Aposta", que tratatava sobre a crise do mercado imobiliário americano, McKay usa a criatividade para explanar temas que poderiam soar confusos e tediosos para o público não iniciado nos meandros dos bastidores da política norte-americana.
Sarcástico e extremamente ácido, "Vice" nos mostra a todo momento, de forma debochada, o jogo de manipulação e poder que eclodiu após os ataques de 11/09 e deu espaço para as investidas do verdadeiro detentor das decisões na Casa Branca.
Os traços da personalidade de Cheney por vezes me lembrou o fictício Francis Underwood (Kevin Spacey), da série "House of Cards".
Ambos colocaram a ambição a frente dos preceitos éticos e morais, e utilizaram de suas posições políticas para influenciar, controlar e mudar os rumos do país de acordo com os próprios interesses.

A metáfora da pescaria, recorrente durante o longa, é apropriada para mostrar as faces de um homem que prepara o anzol esperando pela oportunidade de fisgar o peixe grande. 

Christian Bale deve levar o Oscar pelo papel, se a Academia seguir a tendência das premiações que precedem o prêmio máximo da indústria cinematográfica. O ator está ótimo, assim como Amy Adams, que interpreta Lynne Cheney, esposa do protagonista. Mas, diferente de seu colega de cena, não deve levar a estatueta dourada. Tampouco Sam Rockwell, apesar de entregar uma interpretação inspirada do ex-presidente George W. Bush.

Adam McKay merece créditos por tocar em um assunto espinhoso da história recente dos Estados Unidos e, em vários momentos, ridicularizar os absurdos da vida real, nos convidando a rir e, em seguida, refletir. Nesse sentido, McKay é como aquele professor, de métodos pouco ortodoxos, que procura ensinar um assunto chato, para a maioria da classe, de uma forma atrativa.
Pode não ter ganho toda a turma, mas conseguiu a atenção de muitos espectadores.

7.5

*Em cartaz nos cinemas

*Instagram para contatos: resenha100nota