Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

***NO FINAL DESSA RESENHA DAREI UMA DICA SENSACIONAL PRA QUEM APAIXONADO PELO CINEMA!

Surgida na década de 60, como oposição ao cinema convencional e refém dos grande estúdios, a "Nouvelle Vague" foi um movimento cinematográfico francês surgido no seio da revista de cinema "Cahier du Cinemá", a partir de seus principais expoentes, Jean-Luc Godard, François Truffaut e Claude Chabrol. Os três críticos de cinema foram desafiados a produzir e a colocar em prática suas próprias ideias em filmes que prometiam romper com os paradigmas de filmagens até então.

Assim, eles buscaram levar o cinema para as ruas e aproximá-lo da realidade e do espectador, filmando cenas da vida comum e se afastando da romantização hollywoodiana.
Tal liberdade tornou a produção de filmes mais acessíveis a novos cineastas e fomentou longas mais autorais, em que o diretor imprime sua visão na obra, podendo, assim, deixar sua assinatura.
Essa nova onda francesa viria a influenciar grandes nomes grandes nomes do cinema americano, como Martin Scorsese, Francis Coppola, Quentin Tarantino, entre outros.
Dentre as principais características da Nouvelle Vague, podemos citar aproximação da realidade já mencionada, a edição não convencional, sem preocupação com a  linearidade e o uso massivo dos "jumpscuts", cortes rápidos alternando cenas. 
Caso você tenha ficado curioso sobre esse movimento cinematográfico tão influente e queira conhecer um pouco mais sobre a "Nouvelle Vague", eu recomendo algumas obras como "Acossado" (1960), de Jean-luc Godard, "Os Incompreendidos" (1959), de François truffaut e "Hiroshima Meu Amor", de Alain Resnais (1959).

"Acossado" é considerado um símbolo do movimento e traz a história do malandro e procurado pela polícia, Michel Poiccard. Ao conferir o trabalho de Godard, você pode se sentir um pouco perdido com enredo que parece não ter um destino definido, mas toda inovação técnica de filmagem e a verborragia do roteiro, aparentemente sobre coisas banais, teve impacto direto sobre a filmografia de Tarantino e Scorsese. Deste modo, apreciar as produções da Nouvelle Vague é estudar um capítulo importante do cinema e ver a célula embrionária que gerou filmes que tanto gostamos.

 

***Agora quero compartilhar uma dica de ouro com vocês, que atende pelo nome de ROSEBUD CLUB !

A Rosebud Club é um clube de assinatura pra quem é apaixonado pelo cinema. 

Ao se tornar membro da Rosebud Club você recebe todos os meses em sua casa uma caixa especial com vários itens relacionados a sétima arte. Filmes, poster, revistas, livros, e até snacks pra acompanhar a diversão! Cada mês é um tema diferente, sempre ligado ao mundo do cinema.

Para fazer a assinatura do clube e começar a receber as caixas da Rosebudclub é so acessar o site: www.rosebud.club e seguir as instruções! 

E tem mais! Inserindo o cupom "resenha100nota" ou "cadaminuto", você ganha um desconto de 20% no primeiro mês!!!

Eu recebi minha caixa de janeiro e fiz um unboxing no Instagram @resenha100nota ! Corre lá e confere os videos e fotos!

Abraço!