Foto: Tasso Ramon/Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputada Fátima Canuto vai votar na sessão da ALE nesta quarta

A deputada estadual Fátima Canuto participa nesta quarta-feira (06) da sessão extraordinária na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) para votar o projeto de lei sobre o rateio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

A parlamentar disse que muitas pessoas ainda confundem o Fundeb com os precatórios, mas ela explicou que quando há sobra do Fundeb [para que não tenha que devolver o dinheiro] é feito o rateio. Para ela, o assunto é importante e precisa ser discutido na ALE.

"Essa sessão extraordinária é de extrema importância para os professores e monitores, mas também para todos os alagoanos. Os deputados vão se concentrar em uma situação que tem a ver com o povo e mostramos que não queremos perder tempo para resolver o que precisa ser resolvido com urgência", destacou a deputada estadual.

Fátima também ressaltou que não é todo município de Alagoas que tem essa sobra e que muitas vezes essas cidades precisam fazer aportes financeiros para cobrir despesas do Fundeb.

"Nós precisamos acompanhar de perto essa situação e ficar atenta também ao que acontece no Congresso Nacional já que em 2020 o Fundeb pode acabar já que expira a lei, e a ALE precisa saber quais são os próximos passos", finalizou.

O projeto de lei foi encaminhado à ALE na última semana pelo governador Renan Filho e prevê o pagamento de cerca de R$ 31 milhões para 12 mil professores da rede estadual de ensino.

A deputada finalizou afirmando que com esse rateio os professores e monitores são contemplados e que isso causa um impacto positivo no comércio e na economia alagoana.