Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Charlie Brown Júnior

Quase seis anos depois da morte dos músicos Alexandre Magno Abrão, o Chorão (1970-2013), e de Luiz Carlos Leão Duarte Junior, o baixista Champignon (1978-2013), o Charlie Brown Jr. anunciou na tarde deste sábado (19) o retorno da banda.

A ideia de trazer novamente a banda foi de Alexandre Aragão, filho de Chorão, junto com os músicos Marcão Britto e Thiago Castanho (guitarras), Heitor Gomes (baixo) e Pinguim Ruas (bateria). A estreia acontecerá no dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, no Vale do Anhangabaú, centro de São Paulo.

"O Chorão é único e insubstituível. Dia 25 teremos intérpretes e convidados especiais para serem porta-vozes dos grandes sucessos da banda, que marcaram gerações", disse filho de Chorão ao F5.

A grande novidade é que não haverá um vocalista fixo na banda. De acordo com Alexandre Aragão, a ideia é convidar intérpretes para cantar os sucessos do Charlie Brown Jr., além de os músicos se revezarem nos vocais. Para o show no Anhangabaú, a banda terá participação de Dinho Ouro Preto (Capital Inicial), Di Ferreiro, Digão (Raimundos), Supla e Panda (La Raza) –esse último deve acompanhar a banda nas turnês, previstas para começar em abril.  

No repertório do show, a banda tocará canções dos dois primeiros discos “Transpiração Contínua Prolongada” (1997) e “Preço Curto...Prazo Longo" (1999), que foram lançados há cerca de 20 anos. O Charlie Brown Jr. encerrou as atividades em 2013, depois da morte de Chorão e Champignon.

Em 2013, Champignon foi encontrado morto em seu apartamento em São Paulo. Segundo laudo posterior, ele cometeu suicídio com um tiro na boca e foi encontrado por um morador de um apartamento vizinho. Ele morava no Jardim Caboré, na zona oeste de São Paulo. A morte de Champignon ocorreu pouco mais de seis meses após a do vocalista Chorão, encontrado morto em seu apartamento em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo.

O grupo colecionou hits entre o fim dos anos 1990 e o início dos anos 2000, como "Proibida pra Mim", regravada pelo cantor Zeca Baleiro, "Quinta-Feira", "Zoio de Lula", Só por uma Noite" e "Te Levar Daqui" --que foi tema de abertura da novela teen "Malhação", da Globo, entre 1999 e 2006. Com informações da Folhapress.