Arthur Mota 5bf052ba f9e0 4360 a611 ad0cc039c59c JHC e Paulo Câmara (PSB)

Acompanhado pelo líder do PSB na Câmara, Deputado Tadeu Alencar, do filho do saudoso Eduardo Campos, o deputado federal eleito João Campos e do secretário da Casa Civil Nilton Mota, o deputado federal João Henrique Caldas (PSB-AL), esteve reunido com o vice-presidente Nacional do PSB e Governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

Segundo os interlocutores, a reunião teve como pauta a eleição para presidência da Câmara, da qual JHC anunciou, desde o ano passado, o desejo de pleitear e tem se viabilizado dentro do PSB como o nome de consenso para o partido apoiar.

Na tratativa, o governador teria afiançado ao deputado JHC, que recebeu todos os outros candidatos que o procuraram de forma democrática e institucional, mas que segue firme com o PSB, ou seja, com o próprio JHC.

O líder do PSB na Câmara, Deputado Tadeu Alencar, aposta no posicionamento correto do partido, e disse que nessa reta final JHC tem que correr ainda mais, “a areia da ampulheta está no fim, agora corre mais de pressa, segunda vamos decidir sobre o bloco e a candidatura de JHC”, afirmou Alencar.

O governador Paulo Câmara garantiu a JHC que o que o partido decidir na próxima segunda-feira (21), quando terá reunião da executiva do PSB e seus deputados, também será a decisão dele. 

Em entrevista a um jornal pernambucano, JHC, que é reconhecido pelos colegas pela capacidade de diálogo com as diversas correntes, avaliou a conversa com o Governador como muito positiva e importante para os passos seguintes na construção da candidatura à presidência da Câmara.

"Nós tivemos uma conversa com o governador que tem um papel muito importante e preponderante dentro do partido. Há um simbolismo muito grande do PSB de Pernambuco, por sua bancada expressiva e pelo nosso líder, Tadeu Alencar, também ser daqui de Pernambuco", disse. "Uma nova câmara exige muito diálogo e nós estamos aqui, em visita, para mais uma vez reafirmar o nosso desejo de se candidatar para a presidência da Câmara dos Deputados", pontuou JHC.