Foto: Instagram/Projeto Acolher Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true "Dogão" está precisando de doações, segundo informou o Projeto Acolher

O cachorro que foi socorrido na tarde dessa quarta-feira (09) continua em estado grave e precisa de doações. Nas redes sociais, o grupo Acolher fez um apelo pedindo doações de ração, leite nutralife, latas de recovery, medicação e fígado bovino. Batizado de “Dogão”, o cachorro foi enterrado vivo em um terreno na Barra de São Miguel, litoral Sul.

Ainda segundo a publicação nas redes sociais, a ONG Acolher afirmou que Dogão é um cachorro de porte grande e que a alimentação é necessária para a recuperação dele.  Em um vídeo divulgado pelo Acolher, Dogão ainda aparece muito debilitado, mas se alimentando.

Conforme o Projeto Acolher, que foi acionado para a ocorrência, há suspeita de que o cão, da raça rottweiler, esteja com cinomose (virose de grande letalidade) em estado avançado. Ele também está com carrapatos e muito debilitado.

Confira abaixo como pode ajudar doando dinheiro ou qualquer um dos materiais que o Dogão precisa.