Foto: Carla Cleto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Estoque de sangue do Hemoal Maceió está abaixo do necessário para o feriadão do Réveillon

Após o feriadão de Natal, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal), unidade Maceió, conta com 175 bolsas de sangue em seu estoque. Um número longe do recomendado, que é de no mínimo 300 bolsas. Em razão do baixo estoque, o serviço irá funcionar em horário especial durante o feriadão do Réveillon e cada doador irá receber uma camisa da Campanha A-me, Ab+race, Do+e e Celeb-re.

Até a sexta-feira (28), o Hemoal Maceió vai funcionar de 7h às 18h. No sábado (29), estará aberto de 7h às 17h. Na segunda-feira (31), a unidade funcionará em horário especial de 7h às 12h e não abrirá na terça-feira (1), retomando o atendimento para doação de sangue na quarta-feira (2).

Segundo a assistente social do Hemoal, Paloma Clemente, durante as festas de fim de ano, o número de doadores no Hemocentro de Alagoas tende a diminuir, ao mesmo tempo em que o número de saídas de bolsas de sangue aumenta.

“Esperamos sensibilizar a população para que realize a doação de sangue e ajude o Hemoal a salvar vidas. Temos que lembrar que, neste período, onde as pessoas se excedem, o número de transfusões aumenta, por isso, temos que nos precaver de forma preventiva”, destacou Paloma Clemente.

A assistente social revelou que, no feriadão do Natal, foram distribuídas 75 bolsas de sangue para os hospitais e maternidades. “O consumo de bebidas aumenta nesse período e, consequentemente, o número de acidentes também cresce. As equipes do Hemoal estão preparadas para receber as doações e, desse modo, mantermos o estoque no índice ideal, que é 300 unidades”, ressaltou.

Presente na unidade Maceió, Luciene da Silva aproveitou a manhã desta quarta-feira (26) para realizar sua doação. “Sangue é vida. Doar é um gesto simples que deve ser estimulado em todos, especialmente nesta época em que a esperança e o amor são celebrados”, ensinou.

Critérios da Doação

Para se candidatar à doação de sangue é necessário ter idade entre 16 e 69 anos, no mínimo 50 kg e portar um documento de identificação com foto, segundo exigência do Ministério da Saúde (MS). No caso dos menores de 18 anos, é necessário estar acompanhado dos pais.

Além destes pré-requisitos, o voluntário não pode ter contraído doença de Chagas, AIDS, sífilis e hepatite após os 11 anos. É indispensável que o candidato à doação de sangue compareça bem alimentado. Em se tratando das gestantes e lactantes, não é permitida a doação. Já quanto aos doadores que irão repetir o procedimento, estipula-se um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres.