Eletrobras orienta sobre cuidados com eletricidade nas festas de fim de ano

  • Redação*
  • 10/12/2018 11:20
  • Maceió

O Natal é uma festa de luz e com certeza as decorações que tomam conta de estabelecimentos comercias, vias públicas e residências todas contam com muitas luzes coloridas que dão um toque todo especial à festa. Mas, para evitar problemas e promover a segurança de todos a Eletrobras Distribuição Alagoas preparou algumas dicas importantes para ajudar o consumidor alagoano a evitar acidentes.

Segundo a assessoria de Comunicação da empresa, antes de iniciar a decoração, é necessário providenciar uma revisão das instalações elétricas para assim evitar possíveis curtos-circuitos. Se tiver alguma dúvida quanto à segurança, é importante consultar um profissional qualificado. É preciso também observar o estado dos fios decorativos e dos piscas para verificar se há algum fio desencapado ou emendas. Na hora em que fizer a instalação, deve-se desligar o circuito de energia e, ao ligar a decoração, não se deve utilizar benjamins, os famosos “Ts” e tomar cuidado para não ultrapassar o limite de carga da tomada.

Por serem fontes de calor, as luzes necessitam de acompanhamento contínuo. Dessa forma, deve-se evitar o contato das lâmpadas com objetos e enfeites que podem ser inflamáveis, como cortinas e tapetes. Também é preciso ficar atento ao comprar as luzes e piscas, evitando as que contenham metal, pois este material pode conduzir energia e provocar choques elétricos. Ao sair de casa ou quando for dormir, é preciso desligar a iluminação natalina. É importante sempre adquirir produtos certificados com o selo do Inmetro e em lojas especializadas.

De acordo com o gerente de Segurança da Eletrobras, Rafael Clemente, além das dicas mencionadas, ele orienta a ter atenção ao comprar árvore de Natal, dando preferência às que possuem a etiqueta "resistente ao fogo" e à necessidade de ficar atento a criançada. “O Natal e a decoração iluminada tornam o período mágico e encantador para as crianças, porém é preciso ter cuidado, pois elas se sentem atraídas pelas lâmpadas e podem sofrer acidentes elétricos ao manusearem indevidamente os enfeites”, alertou Rafael.

*Com assessoria