Blog do Tinho Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true JHC

Pegando uma pauta bomba, no dia em que anunciou sua candidatura à presidência da Câmara Federal para o biênio 2019/2020, JHC demonstrou maturidade na condução da MP 848, que, na prática, salva as Santas Casas do Brasil ao garantir acesso dessas entidades ao financiamento pelo FGTS.

Passava das 21:30 desta segunda-feira(12) quando a oposição, liderada pelo Partido dos Trabalhadores, impunha ferrenha obstrução à Medida Provisória, justificando que o trabalho de instrução tinha por objetivo barrar a MP 844, que facilita investimento privado no mercado de distribuição de água, que estava prevista para ser lida na mesma noite.

Oposição e situação entraram em acordo, com o líder do governo, Deputado André Moura (PSC-SE), anunciando que o governo retiraria a MP 844 se houvesse acordo com o fim da obstrução. 

Com o acordo costurado no Plenário, JHC, que estava na condução dos trabalhos substituindo o presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), contrariou orientação da presidência e ratificou o acordo.

Os trabalhos prosseguiram no plenário e a Medida Provisória que salva as santas casas, que estava próximo de caducar, perdendo seus efeitos, foi votada na íntegra, inclusive os destaques.

E reconhecendo a habilidade e maturidade do Deputado Federal alagoano, na condução dos trabalho e aprovação da MP, ao fim da sessão, JHC foi aplaudido por parlamentares da oposição e da situação.