A auto sabotagem refere-se aos comportamentos onde criamos problemas que interferem em nosso objetivo. Com pensamentos negativos que fazem com que de forma inconsciente nossas ações vão a sentidos opostos aos nossos objetivos.

Os sabotadores são um fenômeno universal. A questão não é se você os tem, mas quais você tem e o quão forte é. A mente abriga personagens que prejudicam ativamente nossa felicidade e nosso sucesso, além de provocar a maior parte dos obstáculos na vida.

Pense bem. Por que a maior parte das resoluções de ano novo é deixada de lado ano após ano? Por que a maior parte das pessoas que fazem dieta sucumbe ao efeito sanfona? Por que aquela voz irritante e ansiosa em nossa cabeça vive voltando para nos torturar quando estamos tentando dormir?  Por que nossa felicidade plena é tão fugaz depois de alcançarmos o que achávamos que traria felicidade duradoura? Por que novas habilidades de liderança adquirida em workshops em pouco tempo dão lugar a velhos hábitos?

A Razão de tantas de nossas tentativas de aumentar o sucesso ou a felicidade resultarem em fiasco é que nós nos sabotamos. Mas precisamente, nossa própria mente nos sabota.

Sua Mente é sua melhor amiga. Mas também é sua pior inimiga. Sem que você perceba completamente, “Sabotadores” não detectados na sua mente provocam a maior parte dos empecilhos na sua vida, e as consequências são enormes.

Apenas 20% dos indivíduos e equipes alcançam seu verdadeiro potencial. O resto de nós desperdiça muito tempo e muita energia vital.

O papel inicial dos sabotadores é auxiliar na sobrevivência durante o período da infância, ajudam nos conflitos de identidade , transição das fases, insegurança , medo do desconhecido.

O exemplo disso é uma criança que sofre com a ausência constante dos pais, que é comparada ao seu irmãozinho ou recebe muitas criticas relacionada ao seu comportamento. Desenvolve os sentimentos de Abandono, rejeição e não pertencimento. Ao chegar à fase adulta continua com sentimentos de inadequação, medo de se expor publicamente, medo da rejeição e criticas. Resultando em disfunções emocionais. È onde agem os sabotadores que vão te impedir de progredir, de evoluir, de viver novas experiências. Sempre o mantendo na zona de conforto, no sofrimento já conhecido, fazendo com que você perca as oportunidades da vida por medo de se arriscar, afetando profundamente a sua relação com a autoimagem positiva, e isso independe da aparência física, é correlacionado as experiências vividas na infância.

A autoestima é um equilíbrio entre diferentes aspectos, é uma moeda frágil e instável que aumenta quando respeitamos nossos próprios valores e diminui toda vez que o nosso comportamento se contradiz.

È uma das fontes essenciais da alegria de viver, pois permite que você se aceite, ame a si mesmo e possa amar os outros. Ela pode ser ampliada ao longo da vida. Por isso recomendo a você que inicie imediatamente um processo delicioso pela busca do autoconhecimento, a consciência liberta e te impulsiona a buscar novos caminhos. È um encontro com você.

 

Fonte: Inteligência positiva (livro)