Reprodução 2f23a9cd c3d6 42b0 ad30 6902f0fe0523

Um suposto vídeo íntimo do candidato ao governo de São Paulo, João Doria, com várias mulheres em uma cama de um motel circula nas redes sociais.

Vários usuários do Twitter e do WhatsApp começaram a espalhar o vídeo nesta terça-feira (23), mas a data que está registrada na câmera é do dia 11 de outubro de 2018, com o horário da noite.

Em nota oficial enviada ao colunista Lauro Jardim, do jornal "O Globo", a equipe de João Doria responsabilizou Márcio França pelo vídeo vazado. Ele alegou que as imagens, gravadas poucos dias após o 1º turno das eleições, são uma montagem. O ex-prefeito de São Paulo é casado com a artista plástica Bia Doria desde 1987 e tem três filhos.