Foto:TJ/AL De626caa 0715 4250 ba4b 6affb6ef2e0a Corpo do magistrado será sepultado nesta sexta-feira, no Parque das Flores

Faleceu nesta sexta-feira (12) o juiz Roldão Oliveira Neto, em decorrência de um câncer. O sepultamento está marcado para as 16h, no Cemitério Parque das Flores, em Maceió.

O magistrado atuou como auxiliar da Presidência, em duas gestões, e presidiu o Fundo de Modernização do Judiciário (Funjuris), responsável pela modernização( reformas, construções e aquisições de equipamentos) de toda a estrutura do TJAL.

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Otávio Praxedes, lamentou a morte do magistrado e destacou sua contribuição ao Judiciário.

Roldão dignificou a Magistratura alagoana, exercendo suas atribuições com honradez, competência, honestidade e retidão", afirmou o desembargador Otávio Praxedes.

Seu compromisso com a Justiça, relembra Praxedes, era notório, tendo prestado relevantes serviços ao Poder Judiciário, como a estruturação dos precatórios do Tribunal de Justiça e de diversos outros setores.

"Seu falecimento precoce causa enorme vazio e profunda tristeza na Magistratura", completou o chefe do Judiciário, solidarizando-se com familiares e amigos.

Quando se afastou para tratamento, Roldão era titular da 8ª Vara Cível da Capital.