Divulgação 40e72ff7 8761 44df 963b e330fe16c469 Antônio Nelson, o superintendente exonerado vítima do desespero do Biu

O cômico “dançarino” Biu de Lira (PP) partiu para o desespero depois da humilhante derrota nas urnas, quanto à disputa pela sua reeleição ao Senado. Na semana passada já sabendo de forma antecipada sua derrota, dispensou o competente jornalista Arthur Gondim; e nesta terça-feira, a vítima foi o superintendente da Codevasf/AL, Antônio Nelson, exonerado do cargo, a mando do Biu, o próprio que o colocou na função há dois anos.

É que no início do governo Temer, Biu de Lira teria assumido politicamente o controle da Codevasf em AL, então comandado há mais de uma década pelo deputado Carimbão. “Não há dúvida alguma, que a demissão de Antônio Nelson foi puramente revanchista, sobretudo, por conta da grande decepção que Biu de Lira sofreu nas urnas aqui em Penedo, quando ficou num acanhado quarto lugar na contagem geral de votos”, disse um informante.

Por conta disso, o ex-prefeito de Limoeiro de Anadia/AL, James Marlan  já assumiu a  superintendência regional do órgão, depois de uma decisão tomada pelo presidente nacional interino da estatal, Marco Aurélio Ayres Diniz. “Mauricio Quintela que ficou em terceiro lugar aqui em Penedo, teve cerca de cinco mil votos à frente do senador Biu; que agora com a vontade do povo dançou nas urnas com uma surpreendente derrota”, brincou nosso informante.