Assessoria Bf284c83 f139 4575 9e05 3849f7c1494b Vereadora Tereza Nelma

Única mulher eleita deputada federal por Alagoas, a vereadora Tereza Nelma, do PSDB, afirmou que seu foco no Congresso Nacional será a luta pelas minorias.  Por meio de sua assessoria de Comunicação, ela também declarou voto ao candidato a presidente Fernando Haddad (PT) e denunciou ter sido vítima de “jogo sujo” durante o pleito eleitoral.

 “Considero importante, independente de divergências com o PT, estar ao lado de Haddad em defesa das minorias e da democracia”, destacou, acerca da decisão de apoiar o petista.

Afirmando não guardar ressentimentos, a vereadora desabafou sobre boicotes e até ameaças sofridas durante a campanha. Sem citar nomes, ela denunciou que um candidato da mesma coligação procurou as bases dela fazendo ameaças ou oferecendo dinheiro para que os apoiadores a deixassem.

“Em dois casos ele chegou a oferecer três milhões a um e dois milhões a outro, que não aceitaram. Houve, ainda, dois homens armados que invadiram meu comitê para quebrar os refletores da única foto que pude expor. Pouco depois, voltaram outros dois, armados e assaltaram várias pessoas, na frente do meu comitê. Comuniquei tudo à mídia e às autoridades”, contou.

Ao final do desabafo, a vereadora afirmou que não irá responder aos ataques pessoais: “Mas os ataques políticos vou cobrar. E como políticos, eles foram derrotados pela ficha limpa que querem manchar”, frisou, completando que sua eleição recoloca no centro dos debates, “os excluídos, o racismo, o machismo, a violência contra a mulher e as minorias oprimidas”.