Fotos: Cortesia 241726b2 1512 478c afc7 69e9fd75842b Mulher denuncia agressão após declarar voto

Neste domingo (07), uma mulher identificada como Julyana Rezende Ramos Paiva foi agredida com um soco no rosto após declarar voto a um candidato a presidente da República. O fato aconteceu próximo a Escola Municipal Padre Pinho, no bairro de Cruz das Almas, em Maceió.

Em entrevista ao Cada Minuto, a vítima relatou que estava indo a pé ao seu local de votação quando um carro ocupado por três pessoas, dois homens e uma mulher, parou e grupo perguntou em qual candidato a mulher votaria. Ao declarar seu voto, contrário ao do trio, a mulher contou que os autores da agressão desceram do carro e a agrediram com socos e chutes.

“Com certeza terão outras vítimas... Foi tudo muito rápido. Eu estava indo votar porque eu sou fiscal no bairro de Jacarecica e foi justamente nesse momento que a agressão aconteceu”, explicou Julyana.

Ainda de acordo com a vítima, a delegacia do bairro estava fechada, motivo pelo qual ela ainda não registrou o Boletim de Ocorrência (BO) contra o caso, mas pretende, o quanto antes, fazer o registro do fato.

 

*Estagiária sob supervisão da editoria