Assessoria/Arquivo
Rodrigo Cunha
O candidato a senador Rodrigo Cunha arrastou centenas de pessoas, sábado, 29, pelas ruas de Arapiraca, em mais uma atividade de campanha. “Farei tudo o que puder, o que estiver em meu alcance, para refazer a história política desse estado”, disse o candidato, afirmando que não tem medo de enfrentar o que for para defender a ética na política e devolver aos alagoanos uma representação política no Senado que “orgulhe a todos”.
 
Segundo Rodrigo, quando ele decidiu entrar na política, muitos amigos o aconselharam do contrário. “Disseram-me que em Alagoas a política é podre, para eu ficar distante, mas acho que devo estar na política, ser político, para mostrar que em Alagoas e em qualquer lugar desse país, é possível se fazer política com honestidade, com transparência, trabalho e compromisso com o povo”, destacou o candidato.
 
“Como deputado estadual, já provei que não faço parte da velha forma de fazer política no estado, onde os políticos são donos dos benefícios e dos votos das pessoas, sou político para trabalhar por benefícios para o estado e para o povo como um servidor público e não como o patrão. Chega de Alagoas ter um dono, ou dois ou três donos, os proprietários de Alagoas somos todos nós, os alagoanos”, enfatizou Rodrigo Cunha.
 
O candidato agradeceu os apoios que tem recebido de todo lugar de Alagoas. “São voluntários à campanha, são jovens, profissionais liberais, servidores públicos, idosos, sinto-me gratificado por poder representar a mudança que todas essas pessoas querem na política de Alagoas. Nós vamos conseguir mudar isso da maneira mais linda e limpa, através de cada voto, de cada pessoa. A liberdade de escolha é o que me dá legitimidade”, afirmou, emocionado, o candidato.
 
Terra natal – Filho de Arapiraca, terra onde sua mãe, Ceci Cunha, foi vereadora e começou por lá sua trajetória política, Rodrigo Cunha fez um discurso emocionado para seus conterrâneos. “Não negocio meus princípios, valores trazidos desta terra, de Arapiraca, do Agreste, valores que me foram ensinados pelos meus pais, valores que carrego como a mais valiosa herança deixada por eles para mim e para minha irmã Adriana”, disse o candidato. “Estou na política para trabalhar e para honrar os alagoanos”, salientou.
 
A agricultora Ivonete Santos, de 44 anos, mora em Junqueiro, mas estava em Arapiraca e aproveitou para acompanhar a caminhada de Rodrigo Cunha. “Tem o meu voto e de toda minha família. É uma pessoa especial”, afirmou. Segundo ela, o que Rodrigo trouxer de melhorias para a agricultura já vai ser melhor do que é hoje. “Tenho muita confiança em Rodrigo, sei que ele nos representará muito bem no Senado”, declarou.
 
Comerciante, Joelma Moura, de 24 anos, pensa de forma semelhante. Ela foi apresentada a Rodrigo através de sua mãe, que sempre ressaltou a história de Ceci Cunha, mãe do candidato. “Fico muito feliz em saber que ele está concorrendo a senador, meu voto, e da minha família, é dele", disse ela, enquanto pedia santinhos e adesivos para distribuir entre vizinhos e parentes. 
 
Participaram da caminhada de Rodrigo em Arapiraca, além de lideranças locais, os candidatos a deputado federal JHC, Pedro Vilela, Tereza Nelma e Maria Tavares.