Arquivo de família/Reprodução/Minuto Sertão 7bc0157e a474 4d34 88f2 475fd3322b09 Maria Eduarda foi morta em 2013

A polícia prendeu dois acusados de homicídio contra uma menina Maria Eduarda Marques da Silva de 11 anos, assassinada a facadas dentro da residência, na cidade de Dois Riachos. Na época, a população ficou chocada pela barbaridade do crime.

Segundo informações da polícia, o Grupo de Investigação da Delegacia Geral encontrou Rosineide Rosa Xavier Lemos e Marcos Roberto Paulino Lemos no estado de Goiás, na cidade de Aparecida Goiana.

Ambos estavam com mandados de prisão preventivos e eram considerados foragidos.

O caso

Maria Eduarda foi encontrada morta com sinais de tortura em sua residência, no Centro do município de Dois Riachos, no ano de 2013. A criança, filha de comerciantes da região, foi esfaqueada e teve alguns dedos das mãos cortados, provavelmente a golpes de facão.

Uma empregada da casa encontrou o corpo no quarto onde a criança dormia. A polícia não encontrou sinais de arrombamento na casa. Um cofre de madeira com R$ 1 mil foi levado. 

Leia Mais: Caso Maria Eduarda: crime foi cometido por alguém da família, afirma delegado