Foto: Assessoria

A deputada estadual e candidata à reeleição Jó Pereira defendeu - durante um debate com outros candidatos ocorrido nesta segunda-feira (17), na Universidade Federal de Alagoas (Ufal) - mais investimentos públicos em educação de qualidade e que esta vise também o combate ao preconceito.

Reconhecendo avanços do governo Renan Filho (MDB) nas áreas fiscais e em algumas políticas públicas, Jó ressaltou que é preciso pensar mais na educação nos próximos quatro anos, ampliando a oferta e melhorando a qualidade do ensino e das escolas: “O governo não pode descuidar da educação e precisamos investir nessa área porque ela está interligada a todas as outras. É investir na oferta e na universalização”.

A deputada ainda lamentou que, quando a Assembleia Legislativa (ALE) debateu o Plano Estadual de Educação, com as discussões sobre ideologia de gênero, tenha se perdido o foco de outros assuntos que, para ela, são mais relevantes, como o analfabetismo, a qualidade da relação ensino-aprendizagem e os índices gerais do Estado.

“Houve um tumulto em relação à ideologia de gênero desnecessário, pois o que se combateu foi à menção a qualquer palavra gênero no Plano. E precisamos sim combater o preconceito em sala de aula e tornar as escolas mais inclusivas. Infelizmente, eu fui voto vencido naquela discussão”, destacou, lembrando que foi a responsável pela criação do Índice de Eficácia das Políticas Públicas para acompanhar e fiscalizar o poder público, uma das funções primordiais da Casa de Tavares Bastos.

Durante o evento, a parlamentar falou ainda sobre a importância do estudo da dívida pública e a fiscalização dos recursos destinados ao Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (FECOEP), lembrando a necessidade de que as políticas públicas estejam acompanhadas por índices que possam medir sua eficiência. 

Com perguntas e intervenções, estudantes de vários cursos e professores participaram do debate, que contou com a presença de candidatos a deputado estadual e federal. Jó Pereira elogiou a iniciativa do confronto de ideias para que o eleitor saiba o que cada candidato pensa.