Foto: Márcio no Mundo 3e3a15fd 2775 4094 9b44 9bf83fa1caa2 Praia de Pajuçara, onde se concentra grande parte dos empreendimentos hoteleiros de Maceió

Alagoas foi apontado como o estado que melhor apresentou desempenho na 7.ª edição do Ranking de Competitividade dos Estados, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP). O estado subiu oito posições, enquanto em 2015 já chegou a ocupar o último lugar da lista.

Os dados foram publicados pelo site Estadão, que ressaltou que o desempenho depende diretamente da análise dos itens como sustentabilidade ambiental, capital humano, educação, eficiência da máquina pública, infraestrutura, inovação, potencial de mercado, solidez fiscal, segurança pública e sustentabilidade social.

Algumas mudanças promovidas durante a administração do governador Renan Filho foram sentidas na subida do ranking, como renegociação da dívida com a União, os cortes nos cargos comissionados e a redução de contratos.

Do lado da receita, houve aumento da arrecadação, com a diminuição de benesses fiscais. “Mudamos a equação financeira e fiscal do Estado. Em 2015, a maior fonte de receita eram transferências federais. Hoje, é o ICMS”, afirma George Santoro, secretário da Fazenda do Estado.

A liderança na categoria de solidez fiscal também foi calcada na reestruturação da sua dívida com o governo federal. O Estado é um dos poucos do País que apresenta resultado primário positivo. “Essas medidas fizeram com que a gente pudesse investir pela primeira vez com dinheiro próprio, sem ser via convênio ou empréstimo”, diz o secretário.

“Com recursos do Fundo de Combate à Pobreza, por exemplo, foram construídos cinco hospitais – o que não acontecia há 40 anos”, afirma.

*Com informações do Estadão