Foto: Kléverson Levy 7642d11f 636c 4349 b6d3 db9d9289ff8f Pardais eletrônicos instalados pela Avenida Assis Chateaubriand, na Praia da Avenida

A previsão da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) para iniciar os pagamentos das multas aplicadas através dos radares eletrônicos, conhecidos como pardais, é em dezembro deste ano, quase um ano depois que a justiça desferiu a decisão que suspendia o funcionamento dos equipamentos.

O valor das infrações registradas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) é de quase R$ 1,5 milhões e, segundo a SMTT, todo o processo continua em andamento no órgão. A cidade de Maceió contava com 64 pardais espalhados em 25 pontos da região. 

Apesar de todos os recursos impetrados, o órgão ainda não conseguiu reaver a decisão judicial e os pardais continuam desligados. Segundo um levantamento feito pela Superintendência, nos três primeiros meses de 2018 ocorreram mais de 200 acidentes nos pontos onde antes existia a fiscalização.

As Avenidas Durval de Góes Monteiro, Fernandes Lima e Menino Marcelo foram os locais onde houve o maior aumento de ocorrências, respectivamente, 59, 60 e 48 casos computados pela equipe de levantamento de acidentes junto ao Samu.

*Estagiária