Foto: Metrópoles F190771a bdfa 4235 af24 d94fb62cb67d Jair Bolsonaro

A rejeição do eleitorado feminino ao candidato Jair Bolsonaro (PSL) é considerada grande no Brasil. Em Alagoas, um ato contra o candidato será realizado no sábado (29), a partir das 15h na praça Centenário, no bairro do Farol, em Maceió.

Nas redes sociais, o grupo “mulheres unidas contra Bolsonaro” já ultrapassa 50 mil pessoas. Já no estado, o grupo “mulheres unidas contra Bolsonaro em Alagoas” reúne não apenas o eleitorado feminino, mas também pessoas que querem participar do ato.

“Em meio a um cenário devastador de retirada de nossos direitos e de ataque às nossas conquistas, as mulheres se levantam contra Bolsonaro em todo o Brasil! Já somos mais de um milhão e só avançamos. Somos mais de 51% do eleitorado e a maioria de nós afirmou que não votaria de jeito nenhum em Bolsonaro. Não votamos em quem não nos respeita e nem deixaremos ele ser eleito!”, diz a publicação nas redes sociais.