Foto: Divulgação
Valéria Correia reitora da Ufal

Uma parte considerável da comunidade que forma a UFAL vem mostrando insatisfação com a gestão da atual reitora, Valéria Correia.Mesmo cientes da diminuição de recursos por parte do Governo Federal, vários professores se manifestaram que cabe a reitora, como gestora, buscar soluções para os problemas da UFAL e “não ficar discursando contra o governo federal o tempo todo”.

Os cursos de Exatas e da área de Saúde reclamam da falta de estrutura, os museus e unidades descentralizadas não tem internet ou extintores de incêndio, os alunos reclamam da segurança e as empresas prestadoras de serviço reclamam da falta de repasse.

Os correligionários de Valéria, por sua vez, acusam os críticos de quererem antecipar um clima político e desestabilizar a gestão da reitora.

A insatisfação contra Valéria deve ser manifestada de maneira pública nos próximos dias. Aguardemos.