Giro101/CM Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Cercado pela imprensa ao chegar à convenção do MDB, no Ritz Lagoa da Anta, o governador Renan Filho, candidato à reeleição, repercutiu o anúncio, feito na manhã deste domingo (5) acerca da candidatura do senador Fernando Collor (PTC) ao governo.

“Representa (a candidatura) que, para ele, a vaidade pessoal suplanta o interesse do povo alagoano... Isso vai ser substituído nas urnas, no voto... Porque nosso povo quer Alagoas forte, pujante. E Alagoas mudando a vida do alagoano para melhor”, prosseguiu.

O governador acrescentou que sua grande proposta no novo pleito é dar prosseguimento às mudanças já realizadas, “para que Alagoas continue fazendo o que faz agora: crescendo mais que o restante do Brasil. A gente pode ser mais forte que hoje”.

Acompanhado do pai, senador Renan Calheiros – candidato à reeleição – e do deputado federal Maurício Quintella (PR), que disputa a outra vaga no Senado, Renan Filho confirmou também a manutenção de Luciano Barbosa (MDB) no cargo de vice-governador.

O arapiraquense destacou que seu papel nesta segunda gestão é de “segundo violino” na orquestra, um acompanhamento que não pode destoar do restante.

 

*Estagiária sob supervisão da editoria