Cientista Social, doutorando em Antropologia,Vagner Gomes Bijagó  é também  mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Alagoas .

Nascido  na República da Guiné-Bissau, um país da África Ocidental, Vagner Bijagó , o africano é um dos ilustres oficineiros da oficina denominada “Etnocentrismo e a Invenção [email protected] [email protected] Ação que o Instituto Raízes de Áfricas realiza nesta quarta-feira, 25 de julho, na 70ª Reunião Anual na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), em Maceió, AL,

Serão 4 [email protected] . Várias vozes, africanas e não africanas,dos mais variados espaços e tempos, [email protected] na tarefa de se pensar no etnocentrismo e os privilégios da  colonização e dos saberes etnográficos na consolidaçã de paradigmas/olhares em relação ao povo preto, conseqüentemente  a fomentação do racismo.  

A Reunião Anual da SBPC , que acontece, no período de 22 a 28 de julho de 2018, com o tema “Ciência, Responsabilidade Social e Soberania”, é um importante fórum para a difusão dos avanços da ciência nas diversas áreas do conhecimento e um fórum de debates de políticas públicas para a ciência e tecnologia.

Além do cientista social africano participam como [email protected], Arísia Barros, ativista, professora, escritora, coordenadora do Instituto Raízes de Áfricas, Gelson Henrique, 19 anos, integrante  do Fórum Juventude Carioca em Ação, e estudante de  Ciências Sociais na  Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Preto, Ativista, Embaixador na empresa YOUCA(Bélgica) e a menina Stephany Mayara, 11 anos, modelo,atriz ,embaixatriz miss beleza negra Brasil Top Universo 2017, bailarina.

A oficina acontece das 10h30 às 12h30, na Tenda Afro, no Instituto de Educação Fisica e Esporte (IEFE)

Se você não se inscreveu, não dás mais. A oficina já tem lotação completa.

Maios informações: 98827-3656

Com informações: Da internet.