O governador de Alagoas Teotonio Vilela Filho comemorou a inauguração de mais uma nova indústria, nesta sexta-feira (02). A Corr Plastik, indústria da Cadeia Produtiva da Química e do Plástico (CPQP), já em operação há 40 dias, gera inicialmente 150 empregos diretos e 450 indiretos, com o investimento de R$ 31 milhões.

A nova unidade fabril da empresa, instalada numa área de 60 mil m² no Polo Multifabril de Marechal Deodoro, atenderá os mercados Norte e Nordeste. A Corr Plastik, com matriz em São Paulo, é a terceira no país do segmento de tubos e conexões de PVC e Polietileno.

A unidade em Alagoas, chamada de Corr Nordeste, de acordo com o diretor presidente da Corr Plastik, Manoel Monteiro, está classificada como uma das maiores do país e mais moderna da região Nordeste. O empresário explicou que a proximidade da matéria prima, a 300 metros da Braskem; próximo também do consumidor (logística); além do “apoio irrestrito do governador Teotonio Vilela e do secretário Luiz Otavio Gomes”, são alguns dos motivos para a vinda da empresa a Alagoas. “Tudo que foi prometido pelo governo de Alagoas foi cumprido, coisa rara hoje em dia”, destacou o industrial Manoel Monteiro.

“É uma alegria estar aqui depois daquela primeira conversa. Depois de tanto empenho e sonho ver a indústria sendo inaugurada”, disse o governador Teotonio Vilela. Ele aproveitou o momento e parabenizou o secretário Luiz Otavio Gomes e toda a equipe pela execução da política de desenvolvimento econômico e anunciou as próximas inaugurações.
Entre as indústrias, o governador lembrou que no Polo de Marechal serão inauguradas até o fim do ano a Nordeplast, BBA Nordeste e Jaraguá Equipamentos. “É um marco e uma quebra de paradigma para Alagoas, nesses últimos anos, em que o Estado precisa de um rumo na área do desenvolvimento”, finalizou.

O presidente da Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea), José Carlos Lyra, parabenizou o empresário pela escolha e pela “confiança no estado de Alagoas e no nosso governo”. O presidente lembrou que essa cadeia produtiva cresceu muito por conta da organização do Fórum da CPQP, que reúne diversas instituições do setor produtivo e de ensino superior, além do governo.

Avaliou também a concretização de um novo projeto: a construção do Núcleo de Tecnologia do Plástico (NTPlast). “A vitória é de todos. O nosso desejo é que a indústria cresça e gere mais emprego”, afirmou José Carlos Lyra.

De olho no futuro, o aluno da NTPlast, Eduardo Macena, acompanhou a inauguração da indústria Corr Plastik com outros colegas. O jovem de 25 anos afirmou que espera ao encerrar o treinamento trabalhar numa dessas indústrias do setor. “Aqui tem estrutura para crescer. Quando terminar o curso, irei distribuir currículos”, declarou Eduardo Macena.

O primeiro contato realizado com o empresário Manoel Monteiro pelo governo de Alagoas foi durante a participação do Estado na maior feira do setor plástico da América latina, a Brasilplast, em abril de 2007. Quem recordou aquele momento foi o secretário do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística, Luiz Otavio Gomes, que acompanhou o governador, além, de outros representantes do setor produtivo alagoano no evento.

O secretário explicou que o governo de Alagoas acompanhou todo o processo de negociação e implantação da Corr Plastik, além de ter concedido os incentivos governamentais (fiscal, creditício e locacional) por meio do Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes).

O prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Mateus, também comemorou e disse que o estado de Alagoas e a cidade de Marechal Deodoro são os beneficiados com a vinda nova indústria. Na ocasião, o prefeito disse ao governador: “É dessa formar que se faz política e Alagoas necessitava disso. Muitos perguntavam por que Sergipe e Pernambuco cresciam e Alagoas não, e o governador prova que as coisas estão mudando”.