Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Sede da Defensoria Pública

Acontece, no próximo fim de semana, o III Concurso para o cargo de Defensor Público de 1ª Classe do Estado de Alagoas. O certame, que será realizado em Maceió, é organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e Promoção de Eventos (Cebraspe).

De acordo com o Cebraspe, 2.937 candidatos disputarão as 14 vagas para ampla concorrência, e 49 disputam a vaga reservada a pessoas com deficiência. Os 15 candidatos aprovados e convocados atuarão como defensores públicos no interior alagoano, especificamente nos municípios que ainda não possuem Defensoria Pública de forma permanente. Além disso, haverá formação de cadastro reserva, para contratação conforme necessidade.

Sobre a prova

De acordo com o edital do concurso, as provas objetiva e discursiva, que serão aplicadas no sábado e domingo, utilizarão o método Cespe de seleção.  A prova objetiva terá a duração de 5 horas e será aplicada no dia 18 de novembro, às 13h (horário local). Já as provas discursivas terão, cada uma, a duração de 4 horas e serão aplicadas no dia 19, às 8h (prova discursiva P2), e, às 15h (prova discursiva P3), observado o horário local. 

Os candidatos deverão comparecer ao local de prova com antecedência mínima de uma hora, munido de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento de identidade original.

Será eliminado do concurso o candidato que, durante a realização das provas, for surpreendido portando aparelhos eletrônicos; objetos, como relógios, óculos, chapéus; e qualquer recipiente ou embalagem (tais como garrafa de água, suco, refrigerante e alimentos) que não seja fabricado com material transparente.

As áreas abordadas nas provas abrangem Direito Administrativo, Civil, Constitucional, da Criança e do Adolescente, Consumidor, Empresarial, Penal e Previdenciário, dentre outras. O candidato também terá que elaborar duas peças processuais - uma no domingo de manhã e outra domingo de tarde - no dia 19 de novembro, e responder a duas questões dissertativas.

A nota final no concurso será definida pela média aritmética das notas finais obtidas em todos os exames. Em caso de empate, terá preferência quem tiver maior idade, obtiver maior nota final nas provas e tiver exercido a função de jurado.