Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Sede da Defensoria Pública
Os candidatos ao cargo de defensor público do Estado já podem conferir os locais do certame, que será realizado nos próximos dias 18 e 19 de novembro. A informação está disponível para consulta, a partir de hoje, no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), no endereço http://www.cespe.unb.br/concursos/dpe_al_17_defensor.
 
De acordo com edital, publicado no Diário Oficial do Estado, na última sexta-feira, a prova objetiva terá a duração de 5 horas e será aplicada no dia 18 de novembro, às 13h (horário local). Já as provas discursivas terão, cada uma, a duração de 4 horas e serão aplicadas no dia 19, às 8h (prova discursiva P2), e, às 15h (prova discursiva P3), observado o horário local.
 
Os candidatos deverão comparecer ao local de prova com antecedência mínima de uma hora, munido de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento de identidade original.
 
Será eliminado do concurso o candidato que, durante a realização das provas, for surpreendido portando aparelhos eletrônicos; objetos, como relógios, óculos, chapéus; e qualquer recipiente ou embalagem (tais como garrafa de água, suco, refrigerante e alimentos) que não seja fabricado com material transparente.
 
O CONCURSO
 
A Defensoria Pública de Alagoas publicou edital para concurso para provimento de vagas para o cargo de Defensor Público de 1ª Classe no Diário Oficial, no último dia 4 de agosto. O certame será executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e pela Comissão do Concurso da DPE/AL, com a participação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Alagoas.
 
As provas objetiva e discursiva utilizarão o método Cespe de seleção. As áreas abordadas abrangem Direito Administrativo, Civil, Constitucional, da Criança e do Adolescente, Consumidor, Empresarial, Penal e Previdenciário, dentre outras. O candidato também terá que elaborar duas peças processuais - uma domingo de manhã e outra domingo de tarde - no dia 19 de novembro, e responder a duas questões dissertativas. Além disso, haverá prova oral.
 
A nota final no concurso será definida pela média aritmética das notas finais obtidas em todos os exames. Em caso de empate, terá preferência quem tiver maior idade, obtiver maior nota final nas provas e tiver exercido a função de jurado.