Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A quarta edição do Prêmio Contigo de Cinema, que aconteceu na noite de segunda (28), no Teatro Tom Jobim, no Rio, consagrou o filme "Linha de passe", dirigido por Walter Salles e Daniela Thomas. O longa-metragem levou as estatuetas de melhor filme, direção, atriz (para Sandra Corveloni) e trilha sonora (composta por Gustavo Santaolla).

 

Ainda segundo o júri oficial da premiação, Daniel de Oliveira foi eleito melhor ator por sua performance em "A festa da menina morta", enquanto Cris Vianna foi escolhida melhor coadjuvante por "Última parada 174". "Simonal - Ninguém sabe o duro que dei" venceu na categoria melhor documentário.

 

Já o júri popular elegeu "Se eu fosse você 2" como melhor filme do ano e Tony Ramos como melhor ator por protagonizar a comédia. Já "Divã" faturou os troféus de melhor atriz, para Lília Cabral, e melhor ator coadjuvante, para Cauã Reymond. Fernanda Torres foi escolhida como melhor atriz coadjuvante por sua participação em "A mulher invisível".

 

A homenageada da noite foi a atriz veterana Fernanda Montenegro, que levou para casa o prêmio My favorite, eleito por meio do voto popular.

 

Confira abaixo a lista completa dos vencedores.

Melhor filme: "Linha de passe", de Walter Salles Jr.

Melhor direção: Daniela Thomas e Walter Salles Jr. por "Linha de passe"

Melhor figurino: Marília Carneiro e Karla Monteiro por "Os desafinados"

Melhor ator: Daniel de Oliveira por "A festa da menina morta"

Melhor atriz: Sandra Corveloni por "Linha de passe"

Melhor fotografia: José Roberto Eliezer por "Encarnação do demônio"

Melhor roteiro: Matheus Souza por "Apenas o fim"

Melhor documentário: "Simonal - Ninguém sabe o duro que dei", de Micael Langer, Cauvito Leal e Cláudio Manoel

Melhor diretor do documentário: Paulo Henrique Fontenelle por "Loki - Arnaldo Baptista"

Melhor atriz coadjuvante: Cris Vianna por "Última parada 174"

Melhor trilha sonora: Gustavo Santaolalla por "Linha de passe"

Prêmio My Favorite: Fernanda Montenegro

Melhor filme - Júri popular: "Se eu fosse você 2"

Melhor atriz - Júri popular: Lília Cabral por "Divã"

Melhor ator coadjuvante - Júri popular: Cauã Reymond por "Divã"

Melhor ator - Júri popular: Tony Ramos por "Se eu fosse você 2"

Melhor atriz coadjuvante - Júri Popular: Fernanda Torres por "A mulher invisível"