Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Após nove dias em greve, os funcionários dos Correios decidiram retornar às atividades. A decisão foi tomada, em assembleia realizada na tarde de hoje. De acordo com José Balbino, presidente do Sindicato dos Funcionários dos Correios, uma proposta conciliatória foi feita pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) foi aceita e os servidores aceitaram encerrar a greve.

"A empresa ofereceu uma proposta, mas que foi rejeitada pela Categoria. O TST ofereceu o que mais se aproximou das nossas reivindicações, e aceitamos. Um dos pontos mais importantes é o acordo coletivo anual, ao contrário da empresa, que queria o acordo bi-anual", disse Balbino.

O sincidalista disse ainda que, provavelmente, a empresa irá convocar carteiros para trabalhar  aos sábados, com o objetivo de que as correspondências que acumularam devido à greve sejam entregues.