Símbolo de luxo, a joalheria Tiffany & Co anunciou nesta segunda-feira (23) que seus resultados sofreram uma contração de mais de 75% no quarto trimestre do ano passado. A queda foi resultada pelas vendas fracas na temporada de fetas de fim de ano.

A empresa afirmou que os ganhos caíram para US$ 31,1 milhões no período de três meses que termina em 31 de janeiro. Há um ano, no mesmo período, a Tiffany’s havia lucrado US$ 127,4 milhões.

A empresa anunciou que 600 empregados aceitaram o plano de aposentadoria voluntária no quarto trimestre, o que significa uma redução de 10% nos quadros de funcionários em todo o mundo e uma economia de US$ 60 milhões em impostos neste ano.

As vendas da Tiffany’s caíram 20%, para US$ 841,2 milhões, contra US$ 1,05 bilhão em 2007. O montante, no entanto, é ainda maior que o previsto. Analistas ouvidos pela Thomson Reuters esperavam que chegassem a US$ 838 milhões.