Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A altíssima mortalidade dos micro e pequenos negócios é uma realidade que persiste em todas as regiões do país. Que o brasileiro é um empreendedor nato todo o mundo já sabe, mas a falta de habilidade para que seus negócios tenham longevidade é também um clichê tão conhecido quanto o talento para inaugurá-los. E quando se tem pouca idade e a cabeça cheia de sonhos, capacitação e orientação são fundamentais para o sucesso.

É esse público jovem o alvo do programa Juventude Empreendedora, da Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego (Sete) e Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve). A meta é tornar jovens empreendedores que desejam construir seu próprio negócio capazes de tirar seus projetos do papel e de sobreviver no mercado.

Mais de 50 municípios já aderiram ao programa e o objetivo do Governo do Estado é capacitar cerca de cinco mil jovens entre 18 e 29 anos, extraindo deles sua veia empreendedora dentro de seus interesses de investimento.

Os participantes que se destacam com projetos viáveis recebem assistência técnica através do Sebrae Empreendedor Individual (SEI) e esse plano então é submetido à Desenvolve para ser avaliado e posteriormente financiado através de linhas de crédito individuais que melhor se adaptem a esses projetos.

“Vamos visitar cada solicitante, entender o negócio e moldar uma linha dentro de suas necessidades”, explicou Thiago Pires, gerente de crédito da Desenvolve. A ação já foi realizada em cidades como Piaçabuçu, Viçosa, Arapiraca e Campo Alegre, tendo como objetivo beneficiar microempreendimentos nesses municípios.

“Já foram recebidos 46 planos de negócios de seis municípios. Estamos em campo, levantando as propostas para em breve realizar a liberação para esses novos empreendedores”, afirmou Thiago.

Segundo Rafael Brito, presidente da Desenvolve, os jovens precisam de mais oportunidades. “Esses aportes são um instrumento importante para que a juventude possa desenvolver todo o seu potencial e colocar idéias inovadoras em prática, além de trabalhar nas raízes do combate ao desemprego e outros problemas”, disse.

Conhecimento financeiro

Paralelamente, a Desenvolve oferta um curso próprio acerca da educação financeira que já passou por Arapiraca e Pão de Açúcar, e acontece regularmente na sede da agência em Maceió. Gratuito e aberto a todos os interessados, o curso traz dinâmicas e expõe ideias voltadas à conscientização e organização das finanças pessoais e profissionais.

As inscrições estão sendo realizadas através da página do Facebook da agência (https://www.facebook.com/desenvolvealagoas/app/730354100328667/).