Foto: Cortesia
Documentos apreendidos

Após denúncias, agentes da Agentes da 4ª DRP e do 54º DP de Arapiraca prendeu Maria Mônica dos Santos, de 41 anos, suspeita de estelionato. Segundo informações da polícia, a acusada já havia sido presa na cidade de Coruripe e se passava por corretora de imóveis credenciada da Caixa Econômica Federal.

De acordo com a polícia, Maria Mônica atuava extorquindo os clientes e agia pedindo dinheiro as vítimas para “adiantar” os financiamentos.

O golpe consistia na vantagem em ter preferência no financiamento da casa própria pelo plano Minha Casa Minha Vida, após captar o dinheiro das vítimas, a estelionatária ameaçava as vítimas que reclamavam do financiamento não ter sido efetivado.

Com a suspeita, foram encontrados documentos das vítimas e comprovantes de depósitos feitos na conta de Maria Mônica.

Segundo os levantamentos feitos pela Polícia Civil, Maria Mônica dos Santos que negocia imóveis em Arapiraca, de forma fraudulenta.

Em Coruripe, onde ela já havia sido presa, a suspeita possuía diversas queixas de clientes, incluindo seis inquéritos policiais, devido a irregularidades na venda de lotes.

Segundo o delegado Gustavo Xavier o caso deverá ser investigado pela Delegacia Regional de Arapiraca, pois a estelionatária aplicou o golpe nas mais diversas áreas de Arapiraca e solicita que as vítimas compareçam à 4ª DRP para o registro da ocorrência de mais vítimas do golpe.