Internet Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O Ministério do Planejamento publicou nesta sexta (18), no Diário Oficial da União, portaria que altera a composição dos cargos do concurso público autorizado, com 1.276 vagas, para o Ministério da Saúde. O prazo para a publicação do edital acaba em janeiro: a autorização para o concurso foi publicada portaria em 9 de julho.

Agora, haverá vagas para economista (cinco) e nutricionista (5) e mudaram os postos para estatístico (9, e não 8), farmacêutico (4, e no 2) e médico (554, e não 531). Não houve alteração para administrador (184), arquiteto (5), arquivista (50), assistente social (29), bibliotecário (8), contador (85), engenheiro (17), fonoaudiólogo (19), psicólogo (30), químico (4), técnico em assuntos educacionais (25), técnico em comunicação social (21), técnico em contabilidade (72) e analista técnico-administrativo (150). Não haverá mais vagas para terapeuta ocupacional (eram 11) e sanitarista (25).