Assesoria - ASA Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O elenco do único representante de Alagoas na Série B de 2010 vai sofrer um verdadeiro desmanche. Após o término do Campeonato Brasileiro da Série C, quando o Alvinegro arapiraquense conseguiu o acesso para a Série B ficando na segunda colocação. O primeiro atleta que deixou o clube foi o zagueiro Paulão que vai defender o Grêmio Barueri (SP). Além deste, os atacantes Nena, artilheiro da competição com 08 gols, Júnior Viçosa, os volantes Ivo e Jota também poderão não mais vestir a camisa do ASA.


O técnico José Luiz Mauro, o Vica revelou que irá se reunir com a diretoria do Alvinegro arapiraquense para discutir a sua permanência no comando do time alagoano para a temporada de 2010. Porém o pensamento da cúpula do ASA é manter o treinador no comando da equipe para o ano que vem.
“São quase dois anos no comando do time e há um reconhecimento do trabalho, mesmo sem o título.

Esta conquista valoriza a equipe, os jogadores e o próprio treinador. Trabalhamos muito para chegarmos aonde chegamos. Foi um esforço coletivo. Não imaginávamos. Todos estão de parabéns. Existe o interesse de ambas as partes pela minha permanência. Também tenho interesse em ficar. Vamos sentar e conversar”, revelou o técnico em entrevista para a Rádio Novo Nordeste.


Na segunda partida da decisão da Série C, quando o Alvinegro arapiraquense acabou derrotado para o América-MG por 1 a 0 entrou para a história do futebol de Alagoas. Esta foi a primeira vez que um time alagoano chegou a uma final de Campeonato Brasileiro.


O CSA já havia sido três vezes vice-campeão, mas da antiga e extinta Taça de Prata. A conquista do segundo lugar mostrou a força do interior nordestino, que chegou pela segunda vez – a primeira foi com o Fluminense de Feira de Santana em 1992 – numa final de série C.


“Realizamos uma excelente campanha na competição. Sabíamos da capacidade de nossos jogadores, mas surpreendeu até nós, dirigentes, a ida para a final. Nosso principal objetivo era fazer uma boa campanha e continuarmos na série C, fomos ainda mais além. Conquistamos o acesso para a série B e chegamos a decisão. Ma infelizmente não deu. O futebol é assim. Estão de parabéns todos os jogadores e a comissão técnica”, afirmou o vice-presidente de futebol, José dos Santos Oliveira, o Zé da Danco para a Rádio Novo Nordeste.