Internet

“O Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisa Sociais, órgão este fundado em 1949, pelo grande sociólogo Gilberto Freire e que tem como função programática a missão da preservação do legado histórico e cultural não só da própria instituição, como também de todas as cidades históricas do nosso país”, enviou à cidade de Penedo um grupo de representantes com a finalidade de desenvolver um trabalho de pesquisa no tocante ao nosso acervo cultural para assim, produzir um documentário para o projeto intitulado “Conhecer para Preservar”.

O grupo permaneceu na cidade durante uma semana conhecendo, estudando, produzindo o material para uma divulgação futura, apostando na beleza do Museu Imperial, na riqueza da nossa Igreja das Correntes, no charme do Forte da Rocheira, nas histórias do Convento de Nossa Senhora Maria dos Anjos e da nossa Catedral Diocesana, além da imponência do Teatro Sete de Setembro, da simpatia da Casa do Penedo e do estilo europeu do Chalé dos Loureiros.

A diretora da instituição Fátima Accetti e a assistente de direção Janaína Freire mostraram-se deslumbradas não só com tantas belezas arquitetônicas, mas também com a hospitalidade dos penedenses e com a limpeza da cidade. “Esse trabalho, em parceria com o IPHAN, só vem enriquecer ainda mais o nosso acervo cultural, até porque das cidades históricas que podemos visitar, Penedo se destaca e supera as expectativas em termos de recursos culturais. Muitas coisas bonitas e bem preservadas esta bela cidade dispõe para oferecer aos seus visitantes, vocês estão de parabéns, esperamos voltar outras vezes aqui”, salientou Accetti.