Um padre italiano que morava havia seis anos no Brasil foi assassinado neste sábado (19) em Manaus. O corpo começará a ser velado agora à noite e seguirá para a Itália no domingo (20).

Ruggero Ruvoletto chegou ao Brasil em 2003. Depois de ter trabalhar como missionário em Pernambuco, ele foi mandado para Manaus.

Ruvoletto vivia em uma casa com outro padre e um diácono, também missionários da igreja. Eram 7h10 quando foi ouvido um estrondo, que os outros moradores não conseguiram identificar de onde o barulho vinha.

“Quando cheguei a porta estava entreaberta, com o padre de joelhos, com a cabeça, o resto do corpo sobre o travesseiro e a face suja de sangue”, diz o padre Sandro Sebastião Filho.

Vizinhos viram dois homens pularem o muro. “Estamos trabalhando com a hipótese de que essas pessoas que invadiram o local buscavam algum dinheiro que estava no cofre, que há muito tempo não era usado”, diz o delegado Divanilson Cavalcanti.