Arquivo/Fotos Públicas Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A renúncia, ocorrida agora no início da tarde, do deputado Eduardo Cunha da presidência da Câmara deve ter agradado o ministro dos Transportes, Mauricio Quintella.

Apesar de aliado de Cunha, Quintella iria resistir o quando fosse possível a pressão de ter que se licenciar do cargo para votar a favor de Cunha em seu processo de perda de mandato.

Com a renúncia de Cunha a pressão cai muito