Em evento realizado na Associação dos Municípios de Alagoanos (AMA), em Maceió, para discutir o abate de animais nas cidades do Estado, o município de Craíbas enviou o chefe de Gabinete, Valderi de Sousa, e o secretário adjunto da pasta da Agricultura, Ricardo Pereira de Sousa.

O objetivo do evento foi de reunir os órgãos de meio ambiente, Promotoria Pública, Agência de Defesa Animal e Vegetal de Alagoas – ADEAL – e, por extensão – a Agência de Vigilância Sanitária – ANVISA, todos com a finalidade de discutir, especialmente, temas pertinentes à construção de uma rede de matadouros públicos em Alagoas.

Durante as discussões, abordou-se, também, a viabilidade técnico-financeira de se centralizar os abates em dez ou em apenas três matadouros públicos, capaz de servir a todos os municípios de Alagoas.
Essas unidades de abate teriam de ser construídas em zonas estratégicas, de acordo com modernas técnicas de engenharia civil e, principalmente, de higiene.

O assunto – que não se encerrou durante esse encontro - voltará a ser discutido em nova reunião, com data ainda a ser marcada pelas entidades diretamente interessadas no assunto.

O adjunto Ricardo Pereira estima que o município de Craíbas deva centralizar o abate de seus animais para o consumo humano na unidade a ser construída em Arapiraca.