Aquiacontece Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Mais uma vez a Delegacia Regional de Polícia Civil de Penedo aparece em destaque com nova tentativa de fuga. Desta vez os detentos começaram a cavar um buraco na cela número 03 que foi descoberto pelos agentes da delegacia durante uma revista de rotina, efetuada por volta das 20 horas da noite desta quarta-feira, 09.

O buraco que media em média 40cm² daria saída a pelo menos oito presos que dividiam a cela. Uma vez passando pelo buraco que seria aberto, os detentos chegariam ao pátio externo da unidade e alcançariam sem problemas a liberdade, já que o pátio não oferece nenhuma segurança para o acesso a Avenida Divaldo Suruagy. A fuga seria efetuada pelos mesmos detentos que tentaram fugir há algumas semanas atrás da delegacia.

Pelas primeiras informações duas guarnições da Polícia Militar foram acionadas para conter os detentos já que o efetivo da Delegacia de Penedo não é insuficiente, quando apenas dois agentes fazem o plantão.

A Delegacia Regional de Penedo já se tornou nacionalmente conhecida pelas fugas e tentativas que se tornaram uma constante, fazendo com que os delegados plantonistas busquem amparo legal do sindicato da categoria para não realizar mais os seus plantões na cidade ribeirinha durante os finais de semana quando geralmente acontecem as fugas.

Neste feriadão do Sete de Setembro um início de rebelião foi evitado na Delegacia, reforçando a lamentável situação da unidade que funciona sem a mínima condição e vive uma interminável sequência de fugas.

O início da rebelião começou quando o detento Lucas Rafael Tavares, desferiu golpes de espeto em outros dois detentos. Weverton Ramos da Silva, 18 anos e Thiago Santos Correia, de 21, foram golpeados e tiveram que receber atendimento médico na própria unidade após sofrerem escoriações.