O técnico da seleção argentina Diego Armando Maradona já não estava em dia com os críticos argentinos. No entanto, após a "martelada" tomada pelo Brasil por 3 a 1, em Rosário, a siatuação ficou ainda pior. Agora, o treinador quer uma equipe nova, com mais atitude, com outra concentração e com mudanças entre os titulares. Para o difícil desafio diante do Paraguai, em Assunção, Maradona já descartou a participação de Carlitos Tevez no ataque. As informações são do diário argentino Olé.

De acordo com o jornal, no último domingo, Maradona não sabia quantas trocas irá fazer na equipe. "O que tinha claro é que despertou deste pesadelo que alguma vez foi publicidade e que para a partida contra o Paraguai deve mudar. Se disse aos seus, pensou em voz alta", destacou o Olé.

No ataque, Tevez é uma saída certa, pois sofreu uma torção no joelho direito. Com a vaga no ataque e o desempenho duvidoso do resto do grupo, há muita especulação nos jornais argentinos. Até mesmo Martín Palermo aparece na sondagem da imprensa.

No meio, Maxi Rodríguez pode ir para o mesmo caminho de Tevez, com dores na panturrilha esquerda. A experiência de Verón também é questionada depois da atuação contra o Brasil.