Fotos:Petronio Viana 63091206 4082 41c5 b4f4 6c56eece489b Janice Vilela, uma das filhas do menestrel de Alagoas agradecendo a festa dos 98 anos de seu pai

Muita música e muita alegria marcaram a comemoração, nesta quinta-feira (28), do 98º aniversário de nascimento do Menestrel das Alagoas, Teotônio Vilela. O evento, aberto ao público, foi realizado pela Fundação Teotônio Vilela (FTV) no Memorial que leva nome do Menestrel, na orla de Pajuçara.

Dezenas de pessoas se reuniram para celebrar a memória de Teotônio e prestigiar as apresentações da violoncelista e flautista Miran Abs e do pianista e violinista Jair Barbosa, com repertório que variou entre o erudito e o popular; e da cantora Ana Galganni, do guitarrista Junior Bocão e do contra-baixista Bruno Ribeiro, da banda Divina Supernova.

A surpresa da noite foi a aparição do músico Alexandre Abraham, acompanhado de seu flugelhorn, instrumento de sopro semelhante ao trumpete. Sem aviso, Alexandre “invadiu” o Memorial Teotônio Vilela e juntou-se à Divina Supernova, arrancando aplausos do público. Foi o retorno do músico aos palcos alagoanos depois de quase uma década de ausência. 

 

Entre os presentes, filhos e netos de Teotônio, que se emocionaram com as manifestações de carinho e respeito pela trajetória do Menestrel. Falando em nome da FTV e da família, a diretora-presidente da entidade, Janice Vilela, filha de Teotônio, lembrou a importância de manter viva a “ira santa” que guiou as ações e motivou as palavras do senador em favor da liberdade e da democracia no Brasil.

“Destemido, convicto de suas crenças democratas, Teotônio abriu não somente as portas dos cárceres para tirar dali presos políticos. Teotônio levou aos brasileiros a esperança no futuro. É a esse Teotônio a quem hoje prestamos mais uma merecida homenagem. E vamos juntos rumo ao centenário”, disse Janice Vilela. 

Colaboração do texto Petronio Viana pára o Blog do Bernardino.

acesse>twitter@Bsoutomaior

E-mail Bernardinosm01@hotmail.com