Wadson Correia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Aconteceu no início da tarde desta terça-feira (01), uma passeata na orla marítima realizada por comerciantes que trabalham em barracas de tapiocas, vendedores coco. O protesto é contra a prefeitura que determinou a redução de cadeiras no espaço público.

A concentração foi em frente ao Maceió Mar Hotel, no bairro de Ponta Verde. Em seguida o trânsito na Avenida Álvaro Otacílio ficou interrompida nos dois sentidos pelos manifestantes. O presidente da Associação dos Prestadores de Serviços na Orla, Flavio Henrique criticou a ação da prefeitura. “Querem que a gente pare de comercializar cerveja com garrafas de vidro. Isso é um absurdo. Além disso, temos que pagar a prefeitura R$ 50 reais”, disparou Henrique.

O superintendente municipal de Controle e Convívio Urbano, Ivan Vilela, tinha anunciado dias atrás que pode existir despejo caso não haja o cumprimento da lei.