A Promotoria de Defesa do Meio Ambiente requisitou, nesta segunda-feira (31), da Superintendência Municipal de Tranportes e Trânsito (SMTT) que sejam realizadas diligências na área da boate Cassino e Middô, bar Maikai, e na avenida Amélia Rosa, onde estão situados vários bares. O objetivo é combater o grande número de veículos que estacionam nas calçadas, e ainda utilizam equipamentos de som, e aumentam o volume acima do permitido, tirando a paz e o sossego da população.

De acordo com o promotor de Justiça Alberto Fonseca, a população procura o Ministério Público quase que diariamente para fazer denúncias. “As pessoas afirmam procurar o órgão competente, que é a SMTT, para fazer a denúncia mas afirmam que suas solicitações não são atendidas e, por isso buscam ajuda aqui, na tentativa de recuperar sua paz e tranquilidade”, informou Alberto Fonseca.

Segundo o guarda municipal Frandízio Feijó a SMTT apresenta algumas dificuldades como falta de decibelímetro, e o pessoal utilizado é da guarda municipal que atua como agente de fiscalização do trânsito. “As rondas são realizadas até 1 da manhã, sendo que, após esse horário, as viaturas ficam em ponto base, localizado na sede do órgão, no Tabuleiro do Martins”

Para entrar em contato com a SMTT, a população pode usar os números 0800 284 4158 e/ou 3315-3593, que funcionam 24 horas.