Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O governo federal está com 1.770 vagas em aberto para concursos públicos que encerram suas inscrições nos próximos dias. São oportunidades para diversos cargos profissionais, de níveis médio, médio técnico e superior, para vagas temporárias e contratos estatutários e celetistas.

A seleção com o prazo mais curto de inscrição é a do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano), programa vinculado à Secretaria Geral da Presidência da República. São 29 vagas temporárias para educadores nas áreas de formação básica (português, matemática, ciências naturais e sociais, inglês) cujos salários são de R$ 1.300 para professor e de R$ 2.300 para coordenador pedagógico. As vagas estão disponíveis no município de Petrópolis, no Rio de Janeiro.

A taxa de inscrição é de R$ 20 e ela deve ser feita através do site da Fundação Dom Cintra. Os classificados passarão por um curso de formação com duração de 160 horas que terão início no dia 15 de setembro. Durante o curso os participantes receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 1.000. Os professores assinarão contratos de 20 meses e os coordenadores, de 24.

A Escola Nacional de Administração Pública também está no finalzinho do prazo de inscrições para quem tem interesse em trabalhar como técnico em assuntos educacionais (nível superior em qualquer área) ou bibliotecário (uma vaga apenas) em Brasília. O prazo para matrícula no concurso termina na próxima sexta-feira, dia 4. São 45 vagas de nível superior, cujos salários podem chega a R$ 5.143. A Fundação Carlos Chagas é a responsável pelas provas, que também serão realizadas no Recife.

No dia 11 de setembro termina o prazo para dois concursos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Um deles para 366 vagas de agente administrativo e analista, que são cargos que exigem nível médio e superior, respectivamente. A maioria das vagas são para Brasília, mas há algumas oportunidades para cidades próximas ao Recife, como Maceió e João Pessoa. A organizadora é a Funrio. Há ainda 230 oportunidades para analista de tecnologia da informação, com salário que chega a R$ 6.005, para trabalhar em Brasília.

Também no dia 11 termina o prazo para se inscrever no concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF). São 750 vagas para policiais rodoviários em 26 Estados brasileiros, sendo que apenas seis delas serão preenchidas em Pernambuco. O processo de seleção é regido pela Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino e Assistência à Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e ao Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, a FunRio.

Os aprovados terão jornada de trabalho, em escala de revezamento, com carga horária de 40 horas semanais. A remuneração inicial é de R$ 5.620,12, além de benefícios como auxílio alimentação no valor de R$ 161,99.

As inscrições estão sendo realizadas exclusivamente pela internet, na página do concurso no endereço eletrônico. O valor da taxa de inscrição é de R$ 100. Não há vagas para candidatos portadores de deficiência.

Três dias depois, dia 14, se encerram as inscrições para vagas temporárias no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. São cargos de nível médio e superior, sendo 12 oportunidades para área de apoio à tecnologia da informação (médio), cujo o requisito é formação na área. No nível superior há oportunidades para formados em direito, relações internacionais, economia, engenharia, administração e tecnologia da informação. Salários variam de R$ 2.250 a R$ 8.300.

O último concurso aberto na área federal é para Furnas Centrais Elétricas. No total são 1.664 chances de trabalho, sendo que apenas 318 delas é para contratação imediata. O restante é cadastro de reserva e o concurso terá validade de dois anos. Os salários vão de R$ 1.721 a R$ 3.298. As inscrições seguem abertas até o dia 27 de setembro através do site da organizadora do evento, a Funrio.