Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O Café da Linda, localizado no Teatro Deodoro, recebe a partir desta quarta, dia 02, às 19:30h, a exposição “Do outro lado”, do artista plástico Everaldo Pires, em mais uma iniciativa da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas.

 

Everaldo Pires, com 60 anos de idade, natural de Recife (PE) veio para Maceió ainda pequeno e pinta desde os dez, mas sempre inspirado pela literatura. Everaldo é aposentado da profissão de pintor de letreiros publicitários, e desde pequeno já rabiscava os cadernos com textos poéticos e desenhos. Poesia que também faz parte da vida do artista até hoje. Não é à toa que a maioria de seus quadros, possui textos no verso, sejam poéticos ou meramente informativos sobre a pintura.

 

Com a técnica de óleo sobre tela, com forte influência surrealista, autodidata, Everaldo tem a pintura também como terapia.

 

Os surrealistas deixam o mundo real para penetrarem no irreal, pois a emoção mais profunda do ser tem todas as possibilidades de se expressar apenas com a aproximação do fantástico, no ponto onde a razão humana perde o controle.

A publicação do Manifesto do Surrealismo, assinado por André Breton em outubro de 1924, marcou historicamente o nascimento do movimento. Nele se propunha a restauração dos sentimentos humanos e do instinto como ponto de partida para uma nova linguagem artística. Para isso era preciso que o homem tivesse uma visão totalmente introspectiva de si mesmo e encontrasse esse ponto do espírito no qual a realidade interna e externa são percebidas totalmente isentas de contradições. O surrealismo tem como principais representantes: Salvador Dali e Joan Mir.

 

Influências

 

“A minha obra, eu digo que é espiritualista e inspirada no surrealismo ... além da literatura, a música de Raul Seixas e Zé Ramalho também são inspirações para a minha pintura”. Everaldo também gosta de fazer releituras de obras de artistas simbolistas e surrealistas.

 

As paixões da vida de Everaldo influenciam mais o seu trabalho do que o próprio cotidiano: “A intensidade da alma humana é que permeia o meu trabalho... a pintura não é só para fins decorativos, mas também para expressar a tensão que cada um tem em sua vida. Não me considero um grande artista, mas me satisfaço plenamente com minha arte”.

 

E exposição “Do outro lado” ficará no Café da Linda até o dia 18 de setembro.

 

Exposição “Do outro lado”, de Everaldo Pires
Abertura: Quarta, dia 02, às 19:30h

De 02 a 18 de setembro

Café da Linda – Teatro Deodoro

Horário: das 10 às 18h (quando não houver espetáculo ou até às 23h, quando houver)

Informações: (82) 3315-5665

www.teatrodeodoro.al.gov.br