Em nota divulgada neste domingo (30), um dia antes do anúncio do marco regulatório para exploração de petróleo da camada pré-sal, o PSDB, o DEM e o PPS criticam a forma com que o governo tem conduzido a questão. A nota é assinada pelos presidentes dos três partidos: Sérgio Guerra (PSDB-PE) Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Roberto Freire (PPS-PE).

Para a oposição, o governo tem usado o pré-sal com interesses políticos e eleitorais, de olho na disputa presidencial de 2010. Os partidos defendem a discussão sobre o uso dos recursos do pré-sal com transparência e com mais participação da sociedade.

Os partidos esperam que o debate seja ampliado com o envio do marco regulatório para o Congresso Nacional, onde, segundo eles, a oposição poderá questionar a necessidade e a conveniência de uma nova legislação para o petróleo.