Está pautado para a sessão do Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) desta terça-feira (3), às 9h, o julgamento da revisão criminal de Jivanildo de Araújo, condenado a 12 anos e três meses de reclusão por estupro de vulnerável.

O crime ocorreu em abril de 2008, na cidade de União dos Palmares, e teve como vítima um garoto de cinco anos de idade. A sentença foi proferida em 14 de março de 2013 pelo juiz Antônio Rafael Wanderley Casado da Silva.

Na ocasião, o magistrado considerou que o réu agiu com culpabilidade intensa, uma vez que premeditou a prática do delito, bem como ameaçou a vítima de vingança, com o objetivo de garantir a impunidade do crime.

Alegando que a sentença foi contrária à evidência dos autos, a defesa de Jivanildo de Araújo ingressou com revisão criminal no TJ/AL. O processo que será analisado pelo Pleno tem relatoria do desembargador Sebastião Costa Filho.